Educação

Projeto “Clubinho da Robótica” é lançado em Coroatá

O Governo do Maranhão por meio do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), em parceria com a Prefeitura de Coroatá, lançou na tarde desta quinta-feira (01/02/2018), o projeto “Clubinho da Robótica”. A iniciativa é voltada para crianças do nono ano que fazem ensino fundamental na rede municipal de ensino, e tem como objetivo divulgar a robótica em todo Estado sem fins lucrativos. Na oportunidade, os estudantes poderão dispor da mesma robótica educacional, matemática e ciências que é ministrada no IEMA. A ação se assemelha a uma introdução ao modelo pedagógico Instituto. Ao todo serão 21 municípios contemplados com um núcleo do projeto, cada clube receberá 23 alunos e dois professores. De acordo com o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, Coroatá deu início a um projeto grandioso. “É com muita alegria que introduzimos em nosso modelo a robótica educacional que vem trazendo bons frutos, fomos campeões no Estado, e em competições nacionais e internacionais”, disse.

Agora o estudante da escola pública pode sonhar mais alto, e tem potencial para isso. Esse investimento é muito importante, gera conhecimento, encontros e compartilhamento de experiências”, disse o reitor. O prefeito de Coroatá, Luis da Amovelar Filho falou sobre a oportunidade que os estudantes coroataenses estão tendo com o projeto. “Ficamos muito felizes em saber que podemos dispor de educação semelhante aos países de primeiro mundo. Os estudantes de Coroatá terão um futuro muito promissor. Isso nos alegra muito”, declarou o prefeito.

Para o secretário de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer de Coroatá, Cici Almeida, o projeto é de extrema importância. “O município de Coroatá está bem servido de ações do IEMA. Já conseguimos certificar mais de 600 alunos na unidade vocacional de Coroatá. É um marco muito importante para o município trazer a robótica para mais perto da juventude. Tenho certeza que ao fim deste ano os estudantes que irão participar da ação terão melhor desempenho na escola”, reiterou. Wanderson da Silva, 13, foi um dos selecionados para participar do “Clubinho da Robótica” e destacou sua expectativa. “É muito gratificante para mim. Tenho certeza que com o projeto vou ter muito mais conhecimento, e no futuro seguirei carreira nessa área”, disse.

KITS DE ROBÓTICA 

Atualmente o Iema possui 32 kits de robótica da plataforma Lego e 15 plataforma Arduino, no total 47 kits utilizados pelos estudantes das unidades plenas do Instituto. Os kits são distintos, sendo 17 iniciante V7, que possibilita aos alunos realizarem 17 experiências no período de um ano; o segundo é iniciante avançado conta com um robô para competição. Ele tem a mesma função que os robôs utilizados pelos estudantes do Iema. “O kit Lego é de peças de encaixar, onde os alunos trabalham com programação de bloco, uma linguagem bem visual e lúdica. O Arduino é mais avançado, o estudante trabalha com a parte eletrônica, construindo o robô desde o início”, explicou o coordenador de Práticas Experimentais em Robótica, Fabio Aurélio.

Mais em Educação


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!